quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

O Regresso dos Discos de Vinil, mesmo... de Moda a Realidade Confirmada em 2016!




No final de 2015 e agora no arranque de 2016, o mundo assistiu a três factos que definitivamente marcam o ponto de viragem no Ressurgimento do Vinil, que passa de uma suposta questão de moda passageira para se confirmar como um formato que regressa em grande aos lares e lojas de todo o mundo.

Não se trata de pequenas coisas, são mudanças em grande escala e de grande impacto, que representam sinais inquestionáveis de que os Discos de Vinil voltaram e estão para ficar, com  forte crescimento esperado durante a próxima década.


1 - Gira-discos vendem como pão quente na HMV e Amazon no Natal 2015!

Foi notícia em todo o lado, com a HMV a vender um gira-discos por minuto durante a semana antes do Natal, e a Amazon tem um gira-discos como Produto Home Audio Mais Vendido durante o mesmo período. E isto claro não considera todas as outras grandes lojas pelo mundo fora que venderam gira-discos em grandes quantidades em 2015 e continuam em 2016, com fabricantes como a Pro-Ject a anunciar aumentos brutais dos seus números de produção para o novo ano. Este é um sinal muito forte de como as coisas mudaram muito nos últimos anos e do percurso que os discos de vinil têm feito para chegar a cada vez mais casas.





2 - O Vinil foi Rei no CES 2016 Las Vegas, bandeira da Sony e Panasonic!

Nada teve mais destaque nem fez mais títulos nos media sobre o CES 2016 do que o Vinil. Mais importante do que isso, os GIGANTES da indústria Sony e Panasonic elegeram o Vinil e os Gira-Discos como a sua maior novidade no evento, com o CEO da Sony a introduzir um novo gira-discos Sony no mercado e a falar sobre a qualidade do som do vinil e como isso atrai as novas gerações, e a Panasonic a arrasar o show com o anúncio do regresso do famoso gira-discos Technics SL1200-GA, agora ainda melhor com vários melhoramentos para celebrar o 50º Aniversário da marca. Basicamente, o maior e mais importante evento de Tecnologia Audio/Video do Mundo, foi dominado pelos Discos de Vinil e Gira-Discos, e dois dos maiores fabricantes do Mundo fizeram do Vinil o seu prato principal no evento.


3 - Máquinas de Prensagem novinhas a estrear na Europa e na America em 2016!

Este é de longe o sinal mais expressivo de que os Discos de Vinil estão mesmo de volta e que o futuro é certamente de crescimento. Agora mesmo, a Viryl Technologies do Canada e a Newbilt Machinery da Alemanha, estão a fazer máquinas de prensagem novas e actualizadas. Este facto tem um significado ENORME, as fábricas de discos podem agora confiar em equipamentos novos com custos de manutenção muito reduzidos e previsíveis, novos negócios poderão planear a sua estratégia sem a incerteza de terem de encontrar e reconstruir máquinas de prensagem antigas, sendo expectável que a velocidade e qualidade das prensagens em geral vai melhorar bastante nos próximos anos porque agora há máquinas novas disponíveis. Isto nunca aconteceria se não existisse já um mercado de discos de vinil novos de grande dimensão e confiança real no seu crescimento futuro, gasta-se demasiado tempo, dinheiro e outros recursos para tornar estes equipamentos uma realidade, todos sabíamos que só poderia acontecer quando o ressurgimento do vinil deixasse de ser apenas uma moda, e fosse uma realidade a todo o gás com futuro muito optimista. Bem, isso acaba de acontecer!

Por tudo isto agora sabemos, e podemos ficar descansados, que o vinil voltou mesmo a sério e está para ficar, e isso é uma notícia fantástica para quem gosta de música, não é apenas o vinil que regressa com força e de forma sustentada, é também a música e a cultura da música que regressam em grande e de forma significativa para a sua posição de topo, como era habitual na nossa sociedade e nas vidas dos indivíduos. O vinil representa o melhor da Indústria Musical e assistir à forma como está novamente a entrar na vida das pessoas, nas suas casas, é realmente algo muito especial.

Apreciem a viagem!


www.VinylGourmet.com - Discos de Vinil / Edições Audiófilas

Sem comentários:

Enviar um comentário