quinta-feira, 20 de maio de 2010

O Audio e a Ciência... água e azeite? Uma abordagem possível...



Nos dias que correm, o Audio na sua vertente audiófila e a ciência nem sempre andam de mãos dadas... chego a pensar que em muitas situações raramente se encontram. Neste caso a Nordost e a Vertex AQ propôem-se conduzir-nos através de uma nova abordagem que se pretende científica, com vista a demonstrar de forma mensurável as diferenças sonoras reais provocadas pela alteração dos cabos (e outros acessórios colocados ao mesmo nível) utilizados num sistema, ou das plataformas usadas para o suportar.

Mas mais do que tentar demonstrar que essas diferenças existem (o que em si chega a ser trivial) os autores (e as marcas que estão por trás da iniciativa, é importante não esquecer) acreditam que podem estar na rota para revolucionar a forma como as medições no ramo do Audio e da "audiofilia" são efectuadas. É velha a questão sobre o que se pode medir, o que se deve medir, o que se consegue medir... e o que realmente interessa. Dizem alguns que o "set" de medições que hoje em dia são aplicados para avaliar o desempenho de componentes e sistemas, escondem muito mais do que revelam sobre a sua performance real a a sua interacção com o ouvinte. Enfim, é uma questão muito complexa, um terreno extremamente pântanoso, que dificilmente será alvo de consensos no mundo audiófilo... nem mesmo na comunidade científica.

(...) the real Eureka moment came at the end of a day – we just didn’t realize it at the time. Sitting around and musing on the day’s events (and resting up a bit – doing these involved demos can be pretty exhausting) we mused on the fact that, as big and as obvious and as musically important as the differences we’d just been demonstrating were, no one had yet managed to measure them successfully – a stunning indictment of the current state of audio measurement, as well as its focus (...)


Esta iniciativa, padeça ou não dos mesmos males de sempre, ou ainda piores, vale o que vale, e sem dúvida justifica uns minutos de leitura e reflexão que nos ajudam a avançar mais uns milímetros nesta caminhada pelo melhor som. Os textos estão em inglês, mas mesmo assim não quis deixar de os divulgar aqui no ViciAudio porque acredito que há um grande salto para ser dado nesta área (a ligação entre o mundo audiófilo e a possível abordagem científica adequada a este fim) que beneficiará todos nós, e temos de ser nós, os "consumidores" a empurrar a indústria na direcção da maior clareza e informação sobre o que realmente se passa dentro das caixinhas e cabos... (clique no link em baixo para descarregar o texto em PDF)

New Approaches To Audio Measurement… Or, some measurements that matter – and why some don’t!

Aproveito para deixar também um link, mais antigo, que fala sobre este mesmo tema e sobre esta iniciativa, no blog da Stereophile:

http://blog.stereophile.com/rmaf2009/breakthrough_approach_to_audio_measurement/

Para ver em http://ViciAudio.blogspot.com


www.VinylGourmet.com - Discos de Vinil / Edições Audiófilas

Sem comentários:

Enviar um comentário