quarta-feira, 28 de março de 2012

A rodar: Dave Brubeck Quartet - Time Out (Classic Records LP Reissue)




Um dos meus discos de Jazz preferidos, e também um dos mais vendidos de sempre, numa edição excelente da Classic Records "masterizada" por Bernie Grundman que fez neste LP provavelmente o melhor trabalho que já tive oportunidade de "lhe" ouvir. O som é simplemente fenomenal, sem quaisquer tipo de aberrações ou defeitos que possam ser apontados... ao que consta (não oficialmente) terá sido uma "flat transfer" de Bernie Grundman a partir das "master tapes" originais, sem quaisquer alterações ao nível da equalização, redução de ruído ou compressão. A experiência de audição é isso mesmo, pura, virgem, crua, com todo o impacto da percussão a abanar as colunas, o sopro "cuspido" do saxofone na cara do ouvinte, o piano com dinâmica inalterada e absolutamente cristalino, e o contrabaixo amplo que preenche a sala de audição espalhando todo o seu perfume e acentuando as linhas melódicas sem cair na ressonância típica de uma gravação deficiente ou de equalização aberrante. Esta masterização dá vida à música!




Esta edição em vinil de 200gr a 33rpm, produzido na fábrica da RTI nos Estados Unidos a partir de 1995 (agora só disponível no mercado de usados), é a verdadeira e bastante "palpável" Alta Definição Audio, que considero absolutamente imprescindível para qualquer apreciador de música, amante de Jazz, e apreciador das qualidades sonoras únicas deste formato analógico. A música não precisa de grandes apresentações, com assinaturas sonoras pouco (ou nada) convencionais e performances memoráveis, Dave Brubeck (piano) e Paul Desmond (saxofone alto) criaram um clássico, acompanhados por Joe Morello (bateria) e Eugene Wright (contrabaixo) que atravessou fronteiras e estilos musicais tornando-se num campeão de vendas intemporal. Aprecio especialmente o trabalho de Desmond neste album, provavelmente o seu melhor, com um tom e execução verdadeiramente fenomenais. No video pode ouvir-se a gravação da faixa Take Five (com recurso a microfone externo que capta o som na sala de audição), uma das mais conhecidas e provavelmente a melhor do LP, com a linha sinuosa do saxofone a colorir a cadência repetitiva do piano de forma algo inesperada e em contraste com a "violência" da bateria. Não posso deixar de referir que existe uma versão memorável de Take Five pelo Quinteto Maria João no album "Cem Caminhos"... outro da minha lista de preferências e referências musicais, também existe em vinil com um som fantástico!




Dave Brubeck "Time Out" (1959)
Columbia Records CS 8192
Classic Records Quiex SV-P 200gr LP 33rpm (1995)
Matrix Side A: CS-8192-A BG
Matrix Side B: CS-8192-B BG
*BG = Bernie Grundman

Para ver e ouvir em http://ViciAudio.blogspot.com


www.VinylGourmet.com - Discos de Vinil / Edições Audiófilas

3 comentários:

  1. Bom dia, eu vi esse mesmo LP ronda os 50€, será um preço justo ou está Inflacionado. Obrigado

    ResponderEliminar
  2. Quando se vendia novo nas lojas custava cerca de 30 euros (se bem me lembro), hoje em dia encontram-se por mais de 100 euros (novos, selados) regularmente no eBay. Se encontrar um nesse estado por 50 euros, diria que não é mau preço.

    ResponderEliminar
  3. Obrigado pela rápida resposta.
    Cumprimentos

    ResponderEliminar