sábado, 7 de abril de 2012

A rodar: Kate Bush - The Dreaming (1982 LP EMI)



Motivado por um video que um contacto me recomendou recentemente no Facebook, a minha atenção parou um momento sobre Kate Bush a propósito do seu último album 50 Words for Snow (muito bom por sinal), o que me levou a descobrir (ou em alguns casos relembrar) o seu trabalho ouvindo todos os seus discos desde o primeiro... Há artistas que andam sempre ligeiramente abaixo do nosso radar, e nunca sabemos exactamente o porquê de não lhes darmos a atenção que tantas vezes merecem. A Kate Bush merece!




Não sendo propriamente o meu album preferido da sua discografia, The Dreaming é seguramente aquele que mais me surpreendeu e me fez admirar ainda mais o seu trabalho. A faixa escolhida para o video que pode ver-se em cima (Houdini, infelizmente com algum ruído de fundo no meu LP) é talvez a mais convencional do album (ainda assim lindíssima) a que a própria Kate Bush chamou "o seu momento de loucura" e que é um tributo à liberdade criativa, uma verdadeira demonstração de coragem e imaginação. Foi o primeiro album em que Kate Bush teve honras de produção sem interferências ou limitações externas, e isso nota-se desde o primeiro segundo, revelando uma artista capaz de abanar os anos 80 e de inspirar as décadas seguintes.




A forma eficaz (mas nem sempre fácil ao ouvido) como soube misturar influências musicais muito diversas, estilos como o Jazz ou a música Étnica e até a Clássica, é surpreendente. Durante a primeira audição do disco dei por mim a pensar "... aqui está a Bjork... e agora Dead Can Dance..." e muitos outros em quem, claramente, esta artista e este disco em especial teve impacto e influência determinantes. Com a participação discreta (vozes) do seu "padrinho musical" David Gilmour que a "descobriu" em 1974, este é um disco surpreendente e indispensável para quem quiser conhecer esta artista e compreender melhor a música dos anos 80, 90... e daí por diante. Uma audição apenas poderá ser insuficiente para o ouvinte absorver todas as nuances complexas que marcam este disco que foi claramente alvo de um esforço de produção muito elaborado apresentando várias camadas sonoras e fusão de elementos pouco habituais...




Kate Bush The Dreaming (1982)
EMI UK EMC 3419
Matrix side A: EMC 3419 A-5U-1-2
Matrix side B: EMC 3419 EMA 798 B-2U-1-1-1

Para ver e ouvir em http://ViciAudio.blogspot.com


www.VinylGourmet.com - Discos de Vinil / Edições Audiófilas

1 comentário:

  1. Um dos meus prediletos dela, com toda certeza. O mais incrível é que ela, até hoje, continua a nos surpreender. 50 Words of Snow é um álbum fenomenal! Recomendo adquirir a reedição remasterizada de Hounds of Love e Sensual World. Ambos lançados pela Audio Fidelity.

    ResponderEliminar